Monthly Archives: julho 2016

Aviões do Forró, Mano Walter e Luan Estilizado entre as atrações da IV ExpoSertânia

Foi anunciada agora a pouco, a programa da IV Exposertânia – 44ª Exposição Nordestina Especializada em Caprinos e Ovinos, que será realizada nos dias 17 a 21 de agosto, no Parque de Exposição Professor Renato Morais.

O secretário de Agricultura do Município, Arcôncio Neto, ressaltou na entrevista coletiva que a realização de mais este evento contou com o esforço diuturno da Prefeitura de Sertânia, uma prova do nosso compromisso com os criadores, comércio em geral e a cidade de Sertânia como um todo.

“Teremos nesse evento um grande número de artistas sertanienses e da região, numa forma de valorizar a nossa cultura, no todo são 19 atrações, dessas 12 são de Sertânia. Nunca houve na história de todas as exposições realizadas aqui em Sertânia um número tão grande, prova inconteste do nosso compromisso para com a cultura do município”, disse o secretário de Cultura João Lucio. 

Confira a programação:

Quinta-feira (18-08-2016)
Bruno Luiz e Banda
Bregueiros do Forró e Gil Veloso
Mensageiros do Forró
Mano Walter
 
Sexta-feira (19-08-2016)
Vasconcelos de Sertânia
Forró Pegado
Galã do Brega
Bonde do Brasil
 
Sábado (20-08-2016)
Mário e Júnior
Chico Arruda
Edy e Nathan
Forró Vumbora
Luan Estilizado
 
Domingo (21-08-2006)
Daniel Medeiros e Heures Tavares
Geração Alternativa
Farra do Imperador
Harry Estigado
Carlos Melo e Alexandre
Aviões do Forró

Violência contra a Mulher ainda é uma realidade no Sertão do Pajeú‏, segundo ONG

No meio rural, os índices de violência são tão graves quanto nas áreas urbanas. A desigualdade de gênero é vista como algo menor e nem no campo da segurança pública as propostas avançaram. Uma pesquisa do DataSenado (2015) apontou que uma em cada cinco mulheres já foi agredida pelo ex ou atual companheiro.

Na assessoria técnica feminista que a Casa da Mulher do Nordeste desenvolve junto com as agricultoras no Sertão do Pajeú, foram realizadas oficinas e discussões sobre a violência contra a mulher no projeto Mulheres na Caatinga, apoiado pelo Programa de Pequenos Projetos Ecossociais (PPP-ECOS), gerenciado pelo Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN).

E o que se tem percebido é que o ciclo de violência ainda persiste em suas vidas, e falta mecanismos como os serviços de atendimento à mulher vítima de violência.  “Um dos maiores problemas que enfrentamos é a falta de delegacia da mulher. A polícia muitas vezes convence a mulher a não denunciar, e ela continua sofrendo violência”, contou Luciene Ribeiro, 31 anos, do município de Solidão, Sertão do Pajeú.

A mesma pesquisa registrou que, em 2015, 56% das mulheres afirmaram se sentir mais protegidas por causa da lei da Maria da Penha. Com dez anos de existência, a Lei Maria da Penha que responde em casos de violência contra a mulher, está em votação para algumas mudanças.

O projeto prevê, entre outras coisas, que as medidas protetivas possam ser expedidas pelo próprio delegado de polícia, sem precisar esperar chegar até o juiz. De acordo com o movimento feminista aprovar esse projeto de lei em nada vai colaborar para melhorar a vida das mulheres.

“Ao contrário, pode prejudicar ainda mais o trabalho das delegacias que continua precário. Já é difícil cumprir a Lei Maria da Penha, seja pela falta de serviços de atendimento, seja pela demanda de casos que se aglomeram nas delegacias. E quando você coloca mais uma atividade, a gente tem um entendimento que isso não será feito. Outro ponto importante é escutar as mulheres, o movimento. Em nenhum momento fomos ouvidas sobre as melhorias que podem ser feitas na Lei. E continuamos lutando para que ela seja efetiva na vida das mulheres.”, falou Fátima Santos, coordenadora colegiada do Fórum de Mulheres do Pajeú.

O enfrentamento a todas as formas de violência é condição necessária para um mundo efetivamente sustentável e agroecológico, sendo imprescindível que todos que apoiam um projeto agroecológico repudiem também a violência contra as mulheres. “A violência não é só espancar, o preconceito é um tipo de violência”, disse Josefa Erivoneide, de 40 anos, da comunidade de Canudos, município de São José do Egito.

Vereadores realizam ato por Adutora do Pajeú e Barragem da Ingazeira dia 13

No próximo dia 13 de agosto, a COPAP – Comissão Parlamentar do Pajeú, por determinação do seu Presidente, Vereador Augusto Martins, de Afogados da Ingazeira, estará se reunindo no Ginásio de Esporte de Itapetim, numa grande movimentação com todas as autoridades e líderes da região. Parlamentares da Paraíba, visando a continuidade das obras da Adutora do Pajeú até o município de Taperoá, também estarão no evento. Haverá também cobrança da conclusão das Obras da Barragem de Ingazeira.

Numa escala de porte sustentável e ação reconhecidamente social para toda a região (que o digam as cidades que estão sendo abastecidas pelas águas do Velho Chico), torna-se indispensável a presença maciça de todos os vereadores (as) dos municípios envolvidos, mesmo os que estão sendo atendidos com abastecimento regular pela Adutora, fato de que água é um bem universal e direito de todos.

Aguardamos também as presenças de Prefeitos (as), Promotores (as), Juízes (as) e demais autoridades, bem como de toda a comunidade de Itapetim, Brejinho e Santa Terezinha, cidades pernambucanas do Alto Pajeú que ainda não obtiveram as benesses da boa água do São Francisco.

Juntos seremos fortes!

Vereador Joel Gomes – COPAP

Safadão doa cachê polêmico de R$ 575 mil a instituições de caridade

Cinco entidades de Caruaru foram contempladas, cada uma com R$ 92 mil. Polêmica envolvendo valor pago ao artista no São João motivou doação.

O cachê de R$ 575 mil, que o cantor Wesley Safadão recebeu para se apresentar no São João de Caruaru deste ano, foi doado para cinco instituições de caridade desse município do Agreste de Pernambuco. Os pagamentos foram feitos na tarde desta terça-feira (26), durante coletiva de imprensa na sede da Luan Promoções, empresa responsável por gerir a carreira do artista, na Ilha do Retiro, na Zona Oeste do Recife. [Veja vídeo acima]

Wesley afirma não guardar mágoas do episódio e se sentir muito feliz por praticar a solidariedade. Na época, três advogados entraram com uma ação popular para que a apresentação fosse cancelada, e a Prefeitura de Caruaru decidiu anular o pagamento, que acabou sendo realizado por patrocinadores. “Acho que tudo que aconteceu serviu como um grande aprendizado, e eu estou muito feliz. Eu acho que não tem um mal que não traga um bem”, disse.

Todas as instituições contempladas atuam na Capital do Forró. São elas: Centro Social São José do Monte, Lar da Criança Pobre Nossa Senhora do Carmo, Centro de Educação Popular Comunidade Viva, Casa dos Pobres São Francisco de Assis e Instituto do Câncer Infantil do Agreste (ICIAH). Cada uma delas recebeu o valor de R$ 92.943,10, já que do valor total da doação foram descontados impostos.

Durante show para cerca de 100 mil pessoas no dia 24 de junho, Safadão anunciou que doaria o cachê, após uma polêmica envolvendo o valor pago ao artista [reveja no vídeo abaixo]. No mês passado, o Ministério Público chegou a questionar o montante, considerado muito alto em comparação com o que teria sido pago ao cantor para se apresentar em Campina Grande, na Paraíba, onde o cachê seria de R$ 195 mil, segundo a prefeitura da cidade. Já de acordo com a Luan Produções, a quantia foi de R$ 360 mil.

Safadão diz ter sido pego de surpresa pela repercussão em torno do assunto. “A gente estava numa correria muito grande no mês de junho, na estrada, nos shows. Acordei com a notícia. Meu empresário logo em seguida disse que tudo ia se resolver. E a forma como aconteceu, eu não ia dormir tranquilo”, ressalta.

Praça Wesley Safadão

Uma das entidades beneficiadas, a Casa dos Pobres São Francisco de Assis, que cuida de idosos, terá uma praça com o nome do cantor, que já foi convidado para a inauguração. “A praça vai ficar dentro da nossa instituição. Isso vai ajudar muita gente que está conosco. Hoje nós atendemos 86 pessoas”, conta o representante da instituição, Edson Antônio Bezerra.

Um dos sócios da Luan Promoções, Luiz Augusto Nóbrega, conta que a equipe recebeu pedidos de doações de várias entidades, inclusive de outras cidades. “Pedimos até a ajuda do Ministério Público porque queríamos beneficiar entidades que tivessem uma ação mais abrangente. E tinha que ser de Caruaru, como o cantor já tinha dito no show”, esclarece.

Fonte: G1 PE

Lista do TCE ao TRE recebe mais 517 nomes. Veja atualização:

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) recebeu mais 517 nomes de políticos e gestores condenados pela Justiça. A lista integra, agora, um documento com 1.598 processos de prefeitos e vereadores, além de gestores municipais e federais que tiveram as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Com base nessa lista é que a Justiça Eleitoral poderá declarar a inelegibilidade de candidatos políticos.

Essa última listagem foi encaminhada ao órgão pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região no dia 14 deste mês. Entretanto, só o fato de estar com o nome na lista não significa que o político poderá ter sua candidatura impugnada.

No caso desses 517 nomes enviados pelo TRF, os gestores considerados condenados ainda podem requerer o registro de candidatura ao juiz eleitoral, que analisará as condições de elegibilidade ou inelegibilidade. Caso o juiz indefira, o candidato ainda tem a chance de recorrer e seguir a campanha sob judice, de acordo com o Art. 16 A da Lei 9505/97.

Já as contas rejeitadas pelo TCE, só se caracterizará inelegibilidade se ficar demonstrado um ato doloso de improbidade administrativa. E isso caberá ao promotor eleitoral decidir.

A Lei da Ficha Limpa prevê várias causas para inelegibilidade, entre elas: rejeição de contas de exercício de cargos ou funções públicas, condenação por improbidade administrativa, compra de voto, abuso de poder econômico ou político.

A lista final com os declarados ilegíveis está prevista para ser divulgada no dia 15 de agosto. Os gestores públicos que forem declarados inelegíveis não poderão concorrer às eleições que se realizarem nos oito anos seguintes.

Veja atualização dos nomes sertanejos com acréscimo da nova relação:
 
Adelmo Moura – Itapetim
Adilson Valgueiro de Carvalho Barros – Arcoverde
Afonso Ferraz – Floresta
Albérico Silva de Mendonça – Arcoverde
Alberto Carlos de Souza – Floresta
Aloysio de Souza Lima – Santa Cruz da Baixa Verde
Ana Lúcia Miguel – Quixaba
Andrezza Albertina Guimarães e Silva Torres – Tuparetama
Antonia Ferreira Belo – Santa Cruz da Baixa Verde
Antonio Alves de Andrada Melo – Serra Talhada
Antonio Ferreira dos Santos – Santa Cruz da Baixa Verde
Antonio Gomes Vasconcelos Menezes – Tuparetama
Antonio Liberato Filho – Betânia
Arigean Cristina Siqueira Silva – Carnaíba
Aryskllébia Guimarães Rafael – Santa Terezinha
Audione Morais Veras – Ingazeira
Carla Frazão Lima – Custódia
Carlos Evandro Pereira de Menezes – Serra Talhada
Charla Maria Gomes de Souza Araújo
Clênio de Novaes Barros – São José do Belmonte
Diomésio Alves de Oliveira – Prefeitura de Solidão
Domingos Sávio da Costa Torres – Tuparetama
Edilson José dos Santos – Santa Terezinha
Edmilson Pereira dos Santos – Quixaba
Eleno Rodrigues dos Santos
Erinaldo Pereira Feitosa – Santa Cruz da Baixa Verde
Eugênia de Souza Araújo – Prefeitura de Betânia
Francisco de Sales Rodrigues da Costa – Prefeitura de Brejinho
Francisco Dessoles Monteiro – Prefeitura de Iguaracy
Francisco Gomes da Silva – Santa Cruz da Baixa Verde
Franklin Marques Pereira da Silva – Santa Cruz da Baixa Verde
Genival Ferreira de Araújo – Prefeitura de Betânia
Genivaldo Pereira Leite – Prefeitura de Serra Talhada
Geraldo Collier Júnior – Custódia
Gilberto Sanomya – Afogados da Ingazeira
Gilberto Siqueira Leite – São José do Egito
Inês Jurubeba – Carnaíba
Jacinete Vieira de Melo – Solidão
Jário Fernando Muniz Nunes – Ingazeira
Joaquim de Souza Guerra – Calumbi
Joel Mário de Freitas – Arcoverde
Jose Aristides de Souza –  Betânia
José de Vasconcelos Silva – Sertânia
José Edson Cristóvão de Carvalho – Tabira
José Hermano Alves de Lima –  Triunfo
José Lopes da Silva Sobrinho – Itapetim
José Mário Cassiano Bezerra – Carnaíba
José Nogueira da Silva – Solidão
José Pereira de Lima – Flores
José Ubirajara Vieira Jucá – Tabira
José Vanderlei da Silva – Brejinho
Joselita Alves Monteiro – Brejinho
Josinaldo Alves da Costa – Brejinho
Kássio Felipe Valeriano Freitas – Custódia
Laura Suênia de Lira – Santa Terezinha
Lenilda Gomes da Silva – Carnaíba
Luciano Fernando de Souza – Triunfo
Luiz Alves dos Santos – Afogados da Ingazeira
Luiz Carlos Gaudêncio de Queiroz – Custódia
Manoel Machado Neto – Santa Terezinha
Márcia Rejane Araújo de Sá – Betânia
Marcones Libório de Sá – Salgueiro
Marconi Santana – Flores
Maria Aparecida Vicente Oliveira Caldas – Solidão
Maria de Fátima Rodrigues de Medeiros Andrade – Carnaíba
Mário Gonçalves de Araujo – Iguaracy
Nemias Gonçalves de Lima – Custódia
Paulo Soares – Santa Terezinha
Pedro dos Santos Freire – Santa Cruz da Baixa Verde
Pedro Izidório da Silva – Solidão
Praxedes Epaminondas da Silva – Betânia
Raimundo João de Melo – Santa Cruz da Baixa Verde
Rogério Araújo Leão – São José do Belmonte
Romoaldo Gonçalves Torres – Floresta
Rosângela de Moura Maniçoba Novaes Ferraz – Floresta
Sylvia Maria Barbosa e Silva Queiroz – Custódia
Teógenes Lustosa de Araújo – Santa Terezinha
Terezinha Leão da Costa – Triunfo
Valdenildo Gomes Brasil – Santa Cruz da Baixa Verde

Veja lista completa, clicando aqui.

Fonte: Nill Júnior

Vote! Yane Marques pode ser porta-bandeira do Brasil na abertura da Olimpíada

Yane Marques é uma das três pessoas que podem ter a honra de ser porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura da Olimpíada Rio 2016. O COB (Comitê Olímpico Brasileiro) indicou para a votação três medalhistas olímpicos do Time Brasil: Além de Yane, do Pentatlo Moderno, Robert Scheidt, da vela e Serginho, do vôlei, estão na final.

Você pode escolher um deles na página dos Jogos Olímpicos do Rio 2016, do Globoesporte.com, ou clicando aqui. O atleta mais votado pelo público será conhecido no próximo dia 31, no Fantástico.

Nascida em Afogados da Ingazeira, no Sertão de Pernambuco, Yane começou a carreira esportiva como nadadora no Clube Náutico Capibaribe, em Recife, para onde se mudou aos onze anos de idade. Descoberta sua vocação para o pentlato, na primeira competição que participou já foi campeã de uma etapa do campeonato nacional, em Porto Alegre.

Em 2004 e 2006 venceu o Campeonato sul-americano e, em 2007, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos, ambos realizados no Rio de Janeiro. Esse último fato a tornou conhecida nacionalmente, devido ao feito alcançado ser em um esporte pouco conhecido pelo público brasileiro.

Participou dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, onde ficou em 18º lugar geral. Suas colocações nas cinco provas foram: 14ª lugar na esgrima, 6ª na natação, 33ª no hipismo, 7ª no tiro e 24ª na corrida.Em 2009 passou a fazer parte das Forças Armadas e ter o apoio do exército para os treinamentos e em 2011 atingiu a terceira colocação no ranking mundial, a melhor posição já conquistada até então por uma atleta sul-americana no esporte.

Esteve nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara 2011, onde obteve a medalha de prata. Participando do pentatlo moderno nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, Yane terminou a disputa na terceira colocação, ganhando a medalha de bronze.

Fantástico: Herança deixada por Padre Cícero para 2 santos vira disputa na Justiça

Padre Cícero chegou a Juazeiro como missionário, transformou-se num visionário e morreu milionário. Além das heranças, ele deixou terras para dois santos. Naquele tempo o padre era muito devoto dos santos e tinha uma fé ingênua, aquela em que a pessoa acredita diretamente no santo.

A herança deixada por ele para Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e São Miguel de Juazeiro está sendo disputada na Justiça.

TCE proíbe concursos públicos em municípios de PE até o fim de 2016

Tribunal determinou também a suspensão de seleções em andamento. Hoje, 128 das 184 prefeituras gastam com pessoal mais do que limite legal.

O Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) enviou aos 184 municípios de Pernambuco um alerta de responsabilização e informou que está proibida a realização de concursos públicos até o fim de 2016, ano de eleições para prefeito e vereador. De acordo com o alerta, aprovado pelo Pleno do TCE na quinta-feira (21), as prefeituras também devem suspender os certames em andamento.

Devem cumprir essa determinação principalmente as prefeituras que que estiverem desrespeitando o limite da despesa com pessoal, estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Atualmente, 128 cidades do estado extrapolam essa norma e gastam com servidores mais de 54% das receitas líquidas correntes. O alerta informa que até mesmo as prefeituras que estiverem enquadradas do ponto de vista da gestão fiscal só poderão abrir e homologar a seleção pública ou nomear os aprovados a partir de janeiro de 2017.

Pela LRF, os municípios poderão comprometer, no máximo, 54% de sua receita corrente líquida com a folha de pessoal. A justificativa da maioria das prefeituras para extrapolar essa barreira, de acordo com o TCE, é a queda do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Conforme o presidente do Tribunal, conselheiro Carlos Porto, trata-se de uma exigência prevista no parágrafo único do artigo 21 da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Segundo o TCE, o alerta foi enviado em função do período eleitoral e dos últimos meses da gestão municipal. O parágrafo único do artigo 21 da LRF veda aumento de despesa com pessoal nos últimos seis meses do mandato do prefeito.

A assessoria de comunicação do Tribunal de Contas informou que a Coordenadoria de Controle Externo acompanhará o cumprimento do alerta. Ele será obrigatoriamente analisado nas contas de 2016. As penalidades para quem descumprir o limite são a possível rejeição das contas pelo TCE e a aplicação de multas ao gestor.

Fonte: G1 PE

Ingazeira realiza campanha de teste de HIV e Sífilis

A Secretaria Municipal de Saúde da Ingazeira, realizou ontem (21), a Campanha de Teste rápido de HIV e SÍFILIS, na comunidade de Santa Rosa, com alunos da Academia da Saúde e nas turmas do EJAI da Escola Nossa Senhora de Lourdes.

A campanha se estenderá por toda a semana que vem. “Esperamos que a população compareça e realizem seus testes, é rápido, seguro e sigiloso”, disse a Secretária Fabiana Torres.

Fonte: Blog do Finfa

Vídeo: População, enfurecida, tenta linchar acusados de homicídio em Solidão

No início da noite desta quinta-feira (22), no município de Solidão, Sertão do Pajeú, uma cena lamentável de violência marcou a noite daquela pacata cidade. A população enfurecida tentou invadir o destacamento policial e ainda chegou a linchar um dos acusados de um homicídio de um idoso de 84 anos.

Segundo populares, por volta das 16h30, os irmãos, Eduardo Guilherme da Silva, 25 anos, ex-presidiário e Alex Sandro Rodrigues Oliveira da Silva, 21 anos, se encontravam bebendo próximo a um mercadinho, no centro da cidade, quando a vítima José Evaristo de Lima, 86 anos, aposentado, passou pelo local e por motivos desconhecidos, iniciou-se uma discussão que culminou na morte do idoso, o qual foi atingido por diversos golpes de faca peixeira. Após a prática do crime os algozes se evadiram do local.

O efetivo policial destacado em Solidão, num total de dois PMs, mesmo sem dispor de viatura, conseguiu, bravamente, por meios próprios, prender os acusados, um no Sítio Santa Izabel, zona rural de Solidão e outro escondido na casa da sua genitora, na zona urbana.

Fonte: Blog Mais Pajeú

Pajeú tem “crimes de cidade grande” em comunidades tidas como pacatas

(O corpo do idoso José Evaristo de Lima em uma calçada de Solidão. Ao lado, os acusados Alex Sandro Rodrigues Oliveira da Silva, 21 anos e Eduardo Guilherme da Silva, 25, autor das facadas)

Conhecido pela tradicional tranquilidade interiorana, a bela Solidão viveu tarde e terror e revolta com a morte de um idoso de 86 anos, José Evaristo de Lima, por motivos fúteis. Ele foi morto a facadas em frente a sua residência na Rua Nova, no centro da cidade.

O autor foi o ex-presidiário Eduardo Guilherme da Silva. Ele já havia sido condenado por um homicídio de um adolescente em, 2011, mas estava solto por conta do relaxamento da prisão. A briga começou porque Eduardo teria pedido dinheiro ao idoso. A vítima é tio da vereadora afogadense Antonieta Guimarães.

Eduardo, de 25 anos, agiu com o irmão Alex Sandro Rodrigues Oliveira da Silva, 21 anos. A polícia teve muito trabalho. Primeiro, homens a pé prenderam os acusados. Depois, precisaram de reforço para evitar que Eduardo fosse morto, linchado em via pública. Ele foi autuado em flagrante.

Após serem detidos, a população motivada pelo sentimento de revolta, tentou tomar os acusados da guarda e tutela do policiamento, que com o apoio do efetivo da 2ª CPM- Tabira, conseguiu conduzir os mesmos para a sede Pelotão de Solidão.

Entretanto a população tentou invadir a unidade para capturar os acusados. Foi necessário o deslocamento de uma terceira equipe para a cidade.

Preso acusado de estupro em zona rural: Já em Afogados da Ingazeira, foi preso em flagrante no Povoado de Arara, município de Tabira, José Leite Barbosa da Silva.

Na quarta-feira, ele estuprou uma estudante de 15 anos que descia de um ônibus escolar no Sitio Jiquiri, área rural do município de Afogados da Ingazeira.

O acusado estava escondido na residência de uma tia. José Leite Barbosa da Silva foi encaminhado a DPC-Afogados da Ingazeira.

Fonte: Nill Júnior