Até quando o PT será apêndice do PSB em Pernambuco?

Embora o senador Humberto Costa não expresse publicamente, não é segredo para ninguém que ele nutre o desejo de ser governador de Pernambuco.

No ano de 2006 Humberto esteve bem próximo desta conquista, no entanto acabou sendo abatido em pleno vôo por denúncias que envolveram o seu nome ao “Escândalo dos Sanguessugas”, episódio que alguns anos depois a justiça confirmou a sua inocência. De lá pra cá Humberto obteve duas vitórias para o Senado, todas tendo o PT como aliado do PSB.

Embora o Partido dos Trabalhadores esteja bem contemplado na esfera estadual com o comando de porteira fechada da Secretaria de Desenvolvimento Agrário; e na Prefeitura do Recife com a Secretaria de Saneamento, Humberto declarou em entrevista recente ao comunicador Alberes Xavier e repercutida em primeira mão pelo Blog Ponto de Vista, que a aliança realizada com o PSB em 2018 não implica necessariamente que o PT irá marchar com os socialistas no Recife e em outros municípios nas eleições de 2020. Seria este um recado de Humberto para o Palácio? Difícil acreditar.

Com o PT expulso do Governo Federal e sem o domínio de alguma prefeitura de médio ou grande porte em Pernambuco para acomodar aliados, fica impossível acreditar que Humberto tenha coragem de contrariar o PSB em busca de um protagonismo no Estado. A inércia do senador petista neste sentido só reafirma o papel de coadjuvante, subserviente, linha auxiliar e apêndice do PSB a que o PT se propôs a se submeter.

Caso tivesse em Pernambuco metade da disposição que tem em Brasília, Humberto faria do PT um partido bem maior no estado, o que lhe daria as condições necessárias para chegar ao Palácio do Campo das Princesas em 2022. Parece que a conveniência tem falado mais alto. Entre os petistas mais conscientes não há dúvida de que a aliança com o PSB é nociva ao crescimento do PT no estado. 2018 que o diga. Trocaram um Governo por uma secretaria.

E agora, Humberto Costa terá coragem de se impor diante do PSB  para buscar o protagonismo do PT em 2020 ou vai manter o partido como linha auxiliar dos socialistas?

 

Fonte: Radar Politico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *